• Inês Tavares

Tudo o que deve saber sobre Frutos secos oleaginosos!


Fonte: PopSugar

Nozes, amêndoas, pinhões, cajus, avelãs ou pistáchios são genericamente ricos em vitamina E, ácido fólico, potássio, cálcio, magnésio e fósforo, mas é à quantidade de gordura que devem o seu elevadíssimo valor energético - cerca de 600kcal por 100g de frutos! São assim ricos em ácidos gordos insaturados ómega-3 e principalmente, ómega-6.


Ao manifesto interesse nutricional, junta-se o facto de serem muito saciantes e de, na quantidade certa, serem um bom snack. Podem ser utilizados em diversas preparações culinárias como saladas, assados e guisados ou serem reduzidos a farinhas (ex.: farinha de amêndoa ou noz). Como substitutas da farinha de trigo, é necessário evidenciar mais uma vez o elevado valor calórico que, não obstante da riqueza nutricional, podem transformar um bolo ou panqueca "saudável" numa "bomba calórica", inclusive com valor energético superior à versão "não saudável".


Devem estar presentes numa alimentação rica, variada e equilibrada e claro, ser ingeridos segundo as suas necessidades. Se deseja manter ou perder peso deve dosear rigorosamente a quantidade a ingerir. Se deseja ganhar peso, os frutos secos poderão ser ingeridos com maior liberdade.


123 visualizações

Copyright © 2020 | Inês Tavares - Nutricionista - 1575N | Todos os direitos reservados